Invista numa estadia de média/longa duração para o seu alojamento local!

Com o surgimento do novo coronavirus, vários alojamentos locais nos Açores tiveram de se reinventar para continuarem no ativo. A verdade é que, em tempos como este, é importante encontrar uma solução para que ninguém seja prejudicado.

Ora, com o fecho das fronteiras e o aumento de casos diários, atualmente o setor do turismo está muito incerto. Muitos proprietários de alojamentos locais aproveitaram o momento para fazer obras nas suas casas. Outros decidiram optar por arrendar durante mais tempo. Há quem pense que uma estadia de média a longa duração retira a licença de alojamento local. No entanto isso não é verdade!

Bons apartamentos com excelente localização são uma mais valia para turistas que desejam passar mais do que um fim de semana a viajar para os Açores. Enquanto o setor do turismo não está totalmente recuperado, lembre-se de que pode investir em alojamentos de média a longa duração. Sem ser por meio do Airbnb ou do Booking, o seu imóvel continua com a licença de Alojamento Local! Assim você pode rentabilizar o seu apartamento durante este período.

Com cada vez mais Nómadas Digitais no mundo – ou seja, trabalhadores cujo escritório torna-se na sua casa ou em outro lugar do planeta -, qualquer proprietário tem de estar preparado para receber estas pessoas nas suas propriedades. Como diz esta notícia do Sapo, “se há acesso à Internet, é possível trabalhar em qualquer lugar.”

Portanto, se tem alojamentos locais nos Açores, saiba que é uma excelente opção investir numa estadia prolongada! São, digamos, férias nos Açores, mas mais duradouras! Conheça então estas três principais vantagens de oferecer uma estadia de média a longa duração:

1. Consegue rentabilizar durante mais tempo os seus alojamentos locais nos Açores

Com todo este “vai e vem” causado pela pandemia, ter um inquilino no seu alojamento local é uma forma de rentabilizar o seu alojamento. Ou seja, o seu convidado poderá desfrutar da casa e você não terá de se preocupar com a pandemia. 

Além de ser diferente de receber turistas novos todas as semanas, garantir uma estadia de longa duração pode salvá-lo de futuras preocupações sobre o seu alojamento local nos Açores. 

2. Pode adquirir um valor fixo da sua estadia

A gestão de alojamento local é algo a que muitos não estão habituados. No entanto, se você é o proprietário da sua casa e ainda faz a própria gestão, é possível que você combine com o seu futuro inquilino um valor fixo, apropriado para a sua estadia. Entrando em acordo com o seu convidado, você conseguirá um valor mensal sem ter de sofrer com as variações do mercado e com o impacto que a covid-19 está a trazer a todos. 

3. O inquilino adquire maiores responsabilidades face à sua casa

Também é importante ter em consideração que uma casa à responsabilidade do seu inquilino terá um cuidado diferente. Faça um contrato. Deixe a casa nas mãos do seu convidado durante o tempo da sua estadia. Além desse contrato – que ele terá de cumprir -, as responsabilidades face à casa serão muito maiores. Lembre-se de que você (o proprietário da casa) não pode usufruir do espaço se a casa estiver arrendada. Portanto, procure adaptar a sua propriedade às necessidades de uma pessoa, incluíndo armários e objetos de uso doméstico. Será uma forma de conquistar o coração de futuros hóspedes e de conseguir negociar uma renda fixa. 

Agora que você sabe qual é a solução ideal para enfrentar os dias em que vivemos atualmente, recorde-se de que um local bem situado, equipado e preparado para arrendar é perfeito para ganhar vantagem.

Se, por acaso, não souber de melhores formas para rentabilizar o seu imóvel, o seu alojamento local em São Miguel pode receber o apoio de que necessita com a ajuda da AzoresBeds, uma empresa de gestão e promoção de alojamentos locais nos Açores.